Consulte nossa área comercial:

PABX 11 4084-1095

LeYa PRIMEIRO

Julho/Agosto

2018
  • Guia politicamente incorreto da política brasileira
  • O estilo startup
  • A mente de Adolf Hitler
Guia politicamente incorreto da política brasileira
Ficha técnica

ISBN: 978-85-441-0756-0
Formato: 16 x 23 cm
Número de páginas: 336
Ano de lançamento: 2018

Guia politicamente incorreto da política brasileira

Guia politicamente incorreto da política brasileira

Guia politicamente incorreto da política brasileira, do jornalista Rodrigo da Silva, é um livro que radiografa, critica e ironiza o exercício de poder no Brasil – um país que tem o surrealismo como regime de governo. Como o autor ressalta na introdução, não se trata de uma obra para a direita ou a esquerda, para coxinhas ou mortadelas: é uma leitura voltada a todos aqueles que já se deram conta de que há algo fora do lugar na política brasileira e entenderam que nossos problemas são assustadoramente mais complexos do que projetam os palanques. Nas palavras de Pedro Bial, que assina o prefácio, “este guia é corretíssimo, incorreta é a realidade aqui descrita”.

“Não consigo chamar de politicamente incorreta a clara exposição de um quadro tenebroso, fruto de investigação fundada e profunda, diagnóstico detalhado das patologias que assolam o sistema político e os poderes públicos do Brasil”, afirma Bial. Pois o que Rodrigo oferece é um fundamental e revelador fact-checking do poder do Brasil, utilizando dados e contradições para quebrar mitos propagados há séculos e colocar em desconforto nossos próprios conceitos ideológicos.

Sem jamais utilizar, em qualquer contexto, palavras como esquerda ou direita, ou ainda socialismo, conservadorismo ou (neo)liberalismo, Rodrigo da Silva explica que o Estado brasileiro não faz o menor sentido e que o único critério que rege nossa produção legislativa é a falta de critério. Entre muitos temas referentes à tragicomédia de erros que é o dia a dia da vida política do país, ele dá detalhes sobre o império do lobby, destrincha o “Tribunal de Faz de Contas da União”, investiga o setor estratégico que concentra nossos maiores investimentos – a lata de lixo – e faz os cálculos: o Brasil é matematicamente inviável.

Com ironia e independência, o Guia politicamente incorreto da política brasileira retrata uma realidade escandalosa e deixa um recado: ou alteramos o rumo da história, modificando radicalmente a nossa relação com o poder, ou estaremos condenados a repeti-la até o fim dos tempos. E leitura deste livro é um ponto de partida para a mudança.

Sobre o autor
Rodrigo da Silva é jornalista e já publicou artigos de opinião em veículos como VejaEstadãoFolha de S.Paulo e Gazeta do Povo. Desde 2014, dirige uma publicação on-line com uma audiência superior a sete milhões de pessoas por mês: o Spotniks.

O estilo startup
Ficha técnica

ISBN: 978-85-441-0733-1
Formato: 16 x 23 cm
Número de páginas: 368
Ano de lançamento: 2018
Tradução: Carlos Szlak

O estilo startup

O estilo startup

O empreendedor e autor de A Startup Enxuta Eric Ries dá continuidade a seu best-seller com O Estilo Startup. No novo livro, o autor revela como os princípios do empreendedorismo podem ser utilizados por negócios de todo o tipo – de empresas já consagradas até startups iniciantes –, gerando receita, promovendo inovação e transformando-os em organizações verdadeiramente modernas, prontas para usufruir as enormes oportunidades que se apresentam na atualidade.

Ao relatar suas experiências trabalhando com algumas das organizações empresariais mais bem-sucedidas do mundo, bem como com entidades sem fins lucrativos, ONGs e governos, Ries introduz um sistema de gerenciamento empreendedor capaz de conduzir empresas de todos os portes e setores para um crescimento sustentável e de impacto a longo prazo.

Recheado de casos extraídos dessas companhias, insights e valiosas ferramentas, O Estilo Startup é um guia essencial para toda e qualquer organização.

“Os líderes visionários de todos os tipos de negócios estão despertando para novas possibilidades, que misturam o melhor da administração geral com a disciplina emergente da gestão empreendedora. 
Ao trabalhar com eles, percebi que o empreendedorismo tem o potencial de revitalizar o pensamento gerencial do século XXI. Não é mais apenas a forma pela qual as pessoas trabalham num setor. É a forma pela qual as pessoas trabalham – ou querem trabalhar – em todos os lugares”, escreve Ries, definindo o que chama de O Estilo
Startup.

Sobre o autor

Eric Ries é um empreendedor do Vale do Silício, reconhecido por ser o criador do movimento Lean Startup, uma nova estratégia de modelo de negócios que direciona as companhias startups a alocar seus recursos de forma mais eficiente.

A mente de Adolf Hitler
Ficha técnica

ISBN: 978-85-441-0735-5
Formato: 16 x 23 cm
Número de páginas: 272
Ano de lançamento: 2018
Tradução: Carlos Szlak
Gênero: História

A mente de Adolf Hitler

A mente de Adolf Hitler

Em 1943, com o intuito de fornecer aos estrategistas militares norte-americanos um perfil que pudesse contribuir para a derrota nazista na Segunda Guerra Mundial, o psicanalista Walter C. Langer foi imbuído da missão de decifrar um enigma chamado Adolf Hitler. O resultado foi A mente de Adolf Hitler, obra única por se tratar de uma biografia psicológica construída a partir de entrevistas com pessoas que conviveram com o líder nazista. Muito já foi escrito sobre a vida do Führer, mas poucos estudiosos se dedicaram a entender tão a fundo seus padrões de comportamento e modos de pensar quanto Langer.

A perspectiva que emerge da obra é a de duas personalidades distintas que habitam o mesmo corpo e se alternam. A primeira é de uma pessoa muito frágil, sentimental e indecisa, que tem pouquíssima energia e só quer ser entretida, amada e cuidada. A outra é exatamente o contrário, uma pessoa dura, cruel e decidida, com considerável energia – alguém que parece saber o que quer e está pronto para correr atrás e conseguir o que deseja, independentemente do custo.

De maneira sempre surpreendente, Walter C. Langer analisa as dobras de uma mente onde ideias assombrosas se autoalimentaram por décadas antes de encontrarem ressonância no tecido social alemão, fatos que o levaram, primeiro, ao antagonismo com a civilização e, depois, à derrota militar, seguida do calvário moral pela expiação – ainda em curso atualmente, mais de 70 anos depois do fim da guerra e dos crimes contra a humanidade. O relatório de Langer também antecipa algumas possíveis atitudes de Hitler que vieram a se confirmar, como o seu suicídio – que, nas palavras do autor, seria “o desenlace mais plausível”. A mente de Adolf Hitler é, com tudo isso, um fascinante documento histórico e peça fundamental para a compreensão do século XX.

Sobre o autor

Walter Charles Langer nasceu em 1899 na cidade de Boston, nos Estados Unidos. Filho de imigrantes alemães, lecionou em Harvard e foi o primeiro membro da Associação Americana de Psiquiatria e não ter um diploma em Medicina. Faleceu em 1981.